Notícias

Banco do Empreendedor fechará ano sem dívida e com equilíbrio financeiro e administrativo

01/11/2017 - Cristiane Lima

Em um encontro na tarde desta quarta, 01, com toda equipe técnica do Banco do Empreendedor do Tocantins – BEM, coordenadores e gerentes de área, o presidente da instituição, Acy de Carvalho Fontes, destacou o papel desempenhado em cada departamento para que o Banco chegasse ao final de 2017 com suas contas equilibradas e sem dívidas.

“O país, e por conseqüência o Estado, está saindo de uma recessão onde o maior desafio da gestão pública tem sido o equilíbrio econômico-financeiro, e aqui no Banco do Empreendedor estamos indo muito bem, graças à contribuição de cada um de vocês e de suas equipes de trabalho”, comentou o gestor, referindo-se aos avanços administrativos alcançados pelo Banco, que além de sanar dívidas de gestões anteriores conseguiu restabelecer o equilíbrio financeiro da instituição.

Durante o encontro, o vice-presidente da instituição Reginaldo Santana destacou a construção do regimento interno, que está em andamento, como um outro grande passo, consolidando a padronização de condutas e processos do órgão.

Apesar do Sistema de Administração Financeira para Estados e Municípios – Siafem estar oficialmente com suas atividades encerradas para exercício de 2017, Acy destacou que o fato não prejudica as atividades do Banco, que, por possuir recursos próprios para a concessão de empréstimos, continua com os atendimentos normalmente.

Linhas de Financiamentos

Este ano, R$ 970,5 mil reais já foram emprestados por meio da linha de crédito Microcrédito, programa que financia pequenos negócios, com empréstimos que variam de R$ 1 mil a R$ 10 mil reais. Além dos microempreendedores, segmentos como mototaxis e carteira de habilitação foram beneficiados este ano.  Em outra frente, a recuperação de crédito foi responsável pelo retorno de mais de R$ 1,2 milhão de reais, recurso que garante a manutenção dos programas do segmento.

Já para Assistência Financeira ao Servidor, programa que concede até R$ 15 mil reais, em até 36 vezes, por meio de empréstimos a servidores públicos estaduais, o valor liberado este ano é de R$ 3,9 milhões de reais, com cerca de 500 pessoas atendidas.

 

 

 

Compartilhe esta notícia